Enfermagem Estética: Dra. Floripes encontra conforto em nova carreira após contrair Covid

A Enfermagem Estética tornou-se além de uma profissão, mas sim é uma carreira que proporciona conforto e autonomia aos enfermeiros.
enfermagem estética

Na maioria das vezes que um enfermeiro migra para a área da Saúde Estética é porque ele está em busca de transformar sua rotina, sua vida e ter mais liberdade. Por isso, a Enfermagem Estética tornou-se uma alternativa viável e com muitos benefícios para esses profissionais.

Para a Dra. Floripes Antônia Carmo, foi uma saída além de promissora, também saudável e o ponto final de uma carreira de mais de 20 anos. Aos 59 anos, a enfermeira foi uma das profissionais que atuaram na linha de frente na pandemia, mas após contrair a doença e ficar com sequelas, decidiu que era hora de mudar os trilhos da sua vida. 

Conheça a história da Dra. Floripes neste case de sucesso.

Enfermagem Estética: trabalhando com a saúde e amor

A escolha da enfermagem é respaldada pelo amor que o profissional tem em cuidar das pessoas, e com a Floripes foi exatamente assim. O amor pelo cuidado ao próximo a manteve por mais de 20 anos atuando como enfermeira. Mas ao contrair Covid e se recuperar, porém, com sequelas nas articulações e movimentos, decidiu reprogramar sua vida aos 59 anos de idade.

“Devido à linha de frente, onde eu me deparei com muitos pacientes debilitados e tristes, eu decidi ingressar na estética. E sem contar que eu posso sair da enfermagem e continuar mexendo com vidas e dando instruções na área de saúde, porque a estética é saúde, é bem-estar, é beleza”, conta a Dra.

Além disso, ela explica que até entrou com o processo de aposentadoria, mas que não quer ficar parada e deseja continuar atuando com o que gosta e se especializando cada vez mais, afinal, essa é a sexta pós-graduação de Floripes e a única fora da área hospitalar.

A enfermeira é divorciada e tem dois filhos já casados, e, por isso, ela conta que a Estética também vem para preencher esse espaço que tem em sua vida. Mas para complementar sua felicidade em mudar de área de atuação, Floripes revela que além da satisfação em ver o outro feliz, ela também terá tempo para cuidar de si mesma. 

“E outra, sem contar que na enfermagem eu me via só cuidando do outro, e agora eu vou poder cuidar de mim. Porque quando dedicamos nosso tempo para o outro, a gente não vê que precisamos ser cuidados também, e todo mundo esquece de cuidar do pessoal da enfermagem, somos os últimos.”

Futuro na Enfermagem Estética

A Dra. Floripes já está quase finalizando sua pós-graduação e tem planos de empreender no setor da Saúde Estética. “Tenho a possibilidade de crescimento, já estou com a clínica praticamente montada”, conta. 

Devido a sua idade, ela imaginou que teria dificuldades em se adaptar aos estudos e a nova área, porém, por ser enfermeira e já ter habilidades com injetáveis, a adaptação foi muito fácil para ela. 

“Faltam apenas duas matérias teóricas para terminar e estou no quarto dia de prática, amei. No primeiro dia filmei, mandei para minha família e todos ficaram encantados”, comenta. 

Realizar a pós-graduação em Enfermagem Estética é o primeiro passo para conquistar uma rotina mais tranquila e confortável que a Dra. Floripes busca para sua vida. 

“Tudo que eu vi até aqui está ótimo, estou gostando muito e tenho mais oito dias de vivência clínica para eu ter mais conhecimento e me aprimorar mais. Então foi uma saída que eu escolhi e que será bem-sucedida”, finaliza a Dra. 

Comentar

  • Uau que legal!interessante é muito linda sua história,eu tb tive covid mas graças a Deus não tive sequelas. Parabéns a Dra.Floripes desejo sucesso e que Deus ilumine sempre sua vida nessa nova caminhada! Abraços pra vc e sua família 🥰

    • Celular: 34 991307841

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-. Portal da Enfermagem Estética.