Olá pessoal, hoje nós do blog enfermagem estética, viemos trazer uma novidade maravilhosa!! A cidade de São Carlos, localizada no interior paulista, é a primeira cidade da região a oferecer a ozonioterapia pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O tratamento odontológico começou a ser oferecido em abril pelo Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). O equipamento foi adquirido pela prefeitura ao custo de R$ 12 mil e cinco profissionais foram capacitados.

A ozonioterapia é uma técnica que utiliza uma mistura gasosa de ozônio e oxigênio como agente terapêutico e usada para combater vírus, bactérias e fungos e ajuda na cicatrização de tratamentos.

“O tempo de tratamento vai ser menor e ao mesmo tempo vai dar a possibilidade de usar menos medicamentos como analgésicos e antibióticos”, explicou a cirurgiã dentista Magda Siqueira.

Desde 2015, o Conselho Federal de Odontologia reconheceu a realização da prática da ozonioterapia pelo cirurgião-dentista, mas para isso, é necessário que o profissional faça um curso de habilitação.

Por dia, passam pelo CEO 65 pessoas, em média, com problemas dentários. Aproximadamente 100 pacientes já estão fazendo ozonioterapia.

Para tratar-se no CEO, o paciente precisa ser encaminhado por uma UBS do município. O tratamento é utilizado em três especialidades da odontologia: endodontia, periodontia e cirurgia

O aposentado Djalma Mesquita passou por um tratamento com ozonioterapia em 2015, após passar anos tentando combater uma infecção no dente. Em dois meses o problema regrediu e, em um ano, foi resolvido.

“Desde 2012, eu estava fazendo um tratamento no dente e não resolvia. O ozônio resolveu rapidamente, foi bom para mim, estou contente”, disse.

Ozonioterapia está inclusa na listagem de práticas integrativas do SUS

A ozonioterapia tem alto poder bactericida por ataque direto aos microrganismos com a oxidação do material biológico. Ao penetrar no organismo ele melhora a oxigenação e o metabolismo corporal. Quando é aplicado em baixas doses ele é capaz de estimular o sistema imunológico.

O Ministério da Saúde, recentemente, incluiu 10 novas práticas integrativas no SUS, e entre elas a ozonioterpia está inclusa. Isso é maravilhoso, não?

A ozonioterapia, que consiste na administração de uma fórmula composta por oxigênio e ozônio para o tratamento complementar de doenças como o câncer certamente vai ajudar e muito nos tratamentos realizados através do SUS. É a ozonioterapia inovando o mundo!!

Enfermeiros são autorizados a realizar práticas com Ozonioterapia

A ozonioterapia no tratamento de feridas é utilizada com o objetivo principal de reduzir a carga microbiana local, devido sua ação bactericida e fungicida.

Contudo, o Conselho Federal de Enfermagem emitiu o parecer n°23/2015/CTAS/Cofen, datado de 16 de outubro de 2015 que se fundamenta inúmeros usos do ozônio medicinal e sua técnica chama de Ozonioterapia no tratamento de feridas (água e óleo ozonizado); Hidrocolonterapia com ozônio.

São efeitos da ozonioterapia no tratamento de feridas: ação bactericida e bacteriostática, viricida e fungicida; aceleração da neoangiogênese; aumento do número médio de fibroblastos; aumento da capacidade de absorção do O2 por parte do eritrócito; estimula o sistema imunológico.

Gostou dessa matéria? Então você vai adorar ler: “Enfermeiros são autorizados a realizar técnica de Hidrocolonterapia com ozônio”. Ficou com alguma dúvida? Deixe o seu comentário que certamente iremos lhe responder.

Ozonioterapia

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.