Saúde não é definida apenas como a ausência de doenças físicas ou psíquicas. O conceito de saúde engloba o bem estar como um todo, inclusive no que diz respeito à autoestima e nisso consiste a concepção da Saúde Estética.

Se você é enfermeira e pensa em investir no mercado da saúde estética, saiba que é uma área de atuação ampla, cheia de atividades e que não para de crescer.

O mercado de saúde estética é um setor em ativa expansão no Brasil e no mundo. Nos últimos anos, os profissionais da saúde têm ganhado autonomia e respaldo de seus Conselhos Federais para expandirem suas habilidades e área de atuação. 

Essa possibilidade de atuar em diferentes áreas dentro da estética, além de abrir o leque do mercado de trabalho para os profissionais da saúde, acaba proporcionando mais segurança, serviços modernos e  de qualidade para os pacientes. 

Os benefícios de atuar na saúde estética

A primeira vantagem é que o setor está em contínua ascensão no país. Mesmo em tempos de crise, o brasileiro não deixa de arrumar um espaço no orçamento para gastar com tratamentos estéticos. 

Outra vantagem é o grande público que investe em saúde estética. Tanto homens quanto mulheres se interessam e se preocupam com a saúde estética hoje em dia, por isso, dificilmente esse mercado sofre com a sazonalidade.

O que garante a atuação do profissional de enfermagem na saúde estética?

Os profissionais da área da saúde possuem o grande diferencial de já estarem preparados para lidarem com saúde e bem estar. Os Conselhos Federais de algumas profissões já regulamentaram o exercício profissional para a atuação em procedimentos estéticos.

Dentro da lei do exercício profissional da enfermagem, o enfermeiro tem uma metodologia de trabalho chamada SAE, Sistematização de Assistência em Enfermagem. 

Um dos pontos da SAE é a abordagem do diagnóstico, que o enfermeiro faz dentro de sua metodologia de trabalho, portanto, um paciente que chega com queixas de baixa autoestima, apresentando problemas estéticos como estrias, acne, flacidez, entre outros, pode ser diagnosticado com distúrbio de imagem e tratado pelo enfermeiro com procedimentos estéticos injetáveis ou não.

O enfermeiro que deseja atuar com estética pode fazê-lo desde que seja capacitado com uma pós-graduação reconhecida pelo MEC, habilitado pelo Cofen e que siga as diretrizes da lei do exercício profissional.

É fundamental que os profissionais que atuam na área estética estejam sempre atualizados sobre as melhores práticas e procedimentos utilizados. Com a formação prévia na área da saúde, ao optar por uma especialização, esse profissional adquire uma formação diferenciada e uma vantagem competitiva no mercado.

  • PÓS-GRADUAÇÃO ENFERMAGEM ESTÉTICA

Deixe aqui seu Comentário

Comente abaixo! Extravase!! Liberte-se!!! Faz bem pra pele e pra alma!!!!

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...
Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a enfermagem estética é legítima, um direito do enfermeiro, do enfermeiro esteta, do graduando em enfermagem e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.

Deixe aqui seu Comentário