Ozonioterapia é a nova aliada no tratamento das micoses

A ozonioterapia utiliza o ozônio (O3), um gás formado por três átomos de oxigênio como agente terapêutico no tratamento de diversas patologias Para se aplicar a ozonioterapia é necessário um aparelho de ozônio medicinal, que prepara misturas específicas de oxigênio e ozônio que variam conforme a patologia a ser tratada, e pode ser feita com […]
ozonioterapia micoses

A ozonioterapia utiliza o ozônio (O3), um gás formado por três átomos de oxigênio como agente terapêutico no tratamento de diversas patologias

Para se aplicar a ozonioterapia é necessário um aparelho de ozônio medicinal, que prepara misturas específicas de oxigênio e ozônio que variam conforme a patologia a ser tratada, e pode ser feita com a insuflação de gás em regiões corporais do­entes ou com aplicação tópica de óleos ozo­nizados, água ozonizada, e o gás de ozônio. O ozônio medicinal tem propriedades altamente bactericidas, fungicidas e antivirais (é virustático). Usado extensamente para desinfetar feridas infectadas, assim como em doenças bacterianas, virais e fúngicas.

Ozonioterapia aplicado no tratamento da onicomicose

O ozônio quando aplicado em tratamentos na podologia traz diversos benefícios à saúde, pois apresenta ação oxidante que renova as células, favorece a circulação sanguínea contribuindo com a regeneração da área, tem efeito cauterizante estancando pequenas feridas, age como esterilizante pois destrói agentes invasivos. No tratamento da Onicomicose (micose de unha), a ozonioterapia mostrou rápidos resultados, sem dores, desconfortos e altamente seguro. Veja: onicomicose com ozonioterapia O tratamento consiste na assepsia da unha afetada e insuflação do ozônio através de botas plásticas descartáveis. É diatérmico já que aquece o local e promove a vascularização, age como bactericida eliminando as bactérias anaeróbicas, atua também como fungicida e virucida, além de oferecer propriedades anti-inflamatórias.

Profissionais da saúde investem em ozonioterapia

O enfermeiro e podólogo Marcos Paulo Machado teve o primeiro contato com a ozonioterapia em 2011, mesmo ano em que se associou à ABOZ (Associação Brasileira de Ozonioterapia). Desde então, ele aprofundou-se nos estudos do método e passou a praticar as técnicas da hidrozonioterapia, ozonioterapia tópica e cursos de especialização em ozonioterapia, aplicando-as em tratamentos de onicomicose. O enfermeiro participou de cursos onde foram abordados os inúmeros benefícios da ozonioterapia em tratamentos que variam de uma hérnia de disco até em casos de amputações.
Com base em pesquisas, a ozonioterapia pode reduzir 80% a taxa de amputação de membros em pacientes com gangrena diabética e certamente diminuiria os gastos com o tratamento de feridas crônicas, infecções e inflamações em até 25%.
A ozonioterapia é um procedimento de baixo risco e aplicada geralmente como um método complementar, aditivo ou restaurativo. A dificuldade da inclusão da técnica no país se dá pela burocracia e pelo conflito de interesses, mas isso está sendo derrubado, pois a ozonioterapia pode salvar vidas Os pacientes ficam reféns de uma minoria que não se interessam pela cura, mas sim pelos lucros da indústria. Temos estudos que comprovam a eficiência da ozonioterapia, como, por exemplo, um pé diabético que demora quase dois anos para fechar com o tratamento convencional, demora cerca de quatro meses com a ozonioterapia. Portanto, por qual motivo não utilizar ozonioterapia se ela pode salvar vidas?

Não seja minoria. Invista em seu futuro com ozonioterapia

Vocês sabiam que a ozonioterapia pode ser utilizado também na estética? Isso mesmo, a técnica pode ser usada na estética para inúmeros tratamentos, tais como: celulites, vasinhos, acne, estrias, gordura localizada, entre outros. Mas, lembrem-se de que para realizar os tratamentos com ozônio, o profissional da saúde deve realizar um curso específico sobre as técnicas de ozonioterapia em uma instituição reconhecida pelo MEC e que lhe proporcione todas as técnicas deste procedimento que está dominando o Brasil. Gostaram desta matéria? Não deixe de ler “Saiba o poder da técnica de ozonioterapia no tratamento de feridas” [widgetkit id=”66″ name=”BANNER CURSO DE OZONIOTERAPIA”]

Comentário (5)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2013-2021. Portal da Enfermagem Estética.