Sou técnico em enfermagem, como posso atuar na Saúde Estética?

Saiba quais profissionais podem atuar no campo da estética e como a legislação é importante para a sua atuação na área.
técnicos em enfermagem

Mesmo atuando dentro da enfermagem, existem muitas diferenças entre as responsabilidades,  capacitações e habilitações de um enfermeiro para um técnico em enfermagem, inclusive na Estética.

Enquanto enfermeiros podem atuar com a Saúde Estética após uma pós-graduação, os técnicos em enfermagem não têm a mesma possibilidade devido à falta de um Conselho que possa respaldá-los.

Mas vamos entender isso aos poucos.

O que diz a legislação? 

É preciso ter um respaldo legal para que um profissional possa atuar com a Saúde Estética, ou seja, é preciso um conselho para habilitá-lo. No entanto, esse não é o caso dos técnicos em enfermagem, que apesar de terem apoio dos sindicatos, não possuem subsídios legais para exercer a profissão. 

Mas, afinal, qual a necessidade de ter um conselho de classe profissional? 

O motivo é bem simples: o órgão, além de representar a classe, regulamenta a atividade profissional, determina limites da atuação, efetua registros dos profissionais formados, orienta profissionais e fiscaliza o exercício da profissão para garantir que os serviços prestados à sociedade sejam realizados da forma correta.

Quero atuar na Saúde Estética, mas não sou formado. Como proceder?

Caso você seja um técnico em enfermagem e tenha o desejo de ingressar no campo de Saúde Estética, saiba que a melhor opção é buscar uma graduação em Enfermagem.

Se acha que esse investimento não vale a pena, você está muito enganado. São inúmeros os pontos positivos para que você mude para a área de saúde e cuidado estético: 

  1. Poder atuar fora de hospitais;
  2. Ter flexibilidade de horários;
  3. Ter maior retorno financeiro;
  4. Empreender.

Sim, serão necessários esforço e estudo para poder começar a atuar, mas todo esse processo é recompensado com a alta remuneração que você terá ao começar a realizar os procedimentos. 

Claro que temos, também, uma flexibilidade melhor dos seus horários. Assim, você não precisará passar por longos plantões ou trabalhar em feriados ou períodos noturnos. Consequentemente, terá mais tempo para passar com sua família e amigos, além de ter menos cansaço e estresse.

Agora, se você tem o desejo de abrir um negócio próprio, a especialização em Saúde Estética, te dá a possibilidade de empreender num dos melhores e mais crescente mercado, o da Estética. Esse, inclusive, é um dos principais motivos que levam muitos profissionais a migrarem para a área estética. 

Ao contrário do trabalho em hospital, onde você precisa lidar constantemente com doenças e, em casos mais extremos, com a morte, na estética você cuida dos pacientes ao promover a melhora de sua autoestima e bem estar, dando-lhes maior qualidade de vida. 

E se você acha que são muitos anos de estudo para ingressar na Saúde Estética, saiba que a sua pós-graduação, em muitas IES, podem ser realizadas ainda na graduação, a partir do sétimo semestre. 

Técnicos que migraram para a Estética e tiveram sucesso

Esse é o caso da Dra. Railda Aires, que depois de trabalhar dentro de hospitais, decidiu investir em seu sonho de trabalhar na Enfermagem Estética. 

Sua trajetória tem início com o nascimento de seu filho, o que a deixou empenhada em oferecer melhores condições de vida a ele. Em decorrência disso, fez um curso técnico em enfermagem. Ao ganhar destaque no hospital em que trabalhava, ela se matriculou em uma graduação em Enfermagem. 

Entretanto, ela percebeu que não tinha mais sentido atuar dentro de hospitais. O que fez a Dra. decidir pela Saúde Estética foi a pandemia do Covid-19. 

Já cansada de ver pessoas doentes e  tratar doenças, ela buscou a área dentro da Enfermagem que pudesse oferecer o que ela tanto queria:  devolver a felicidade para seus pacientes! 

Hoje, a Dra Railda concilia a especialização em Enfermagem Estética com seus dois serviços: plantões em hospitais e os atendimentos em Saúde Estética.“Sabemos que o processo pode ser um tanto trabalhoso no começo, mas as recompensas que vem depois são muito mais que apenas gratificantes”, disse a Dra. 

O que o técnico em enfermagem pode fazer, então? 

Como dito anteriormente, é preciso de respaldo e subsídio legal para que um profissional possa atuar na estética e isso é algo que o sindicato não pode oferecer aos técnicos em enfermagem.

Contudo, nada impede que você estude um pouco sobre esse mercado enquanto se prepara para ingressar em uma graduação em Enfermagem. Existem muitos cursos online de Saúde Estética, que te preparam para a atuação e podem servir como horas complementares para a graduação e a pós-graduação.

Se você é um técnico em enfermagem, não perca tempo pensando se deve ou não melhorar sua carreira e qualidade de vida. Faça como outros profissionais e invista em seu futuro. 

E aí,quando pretende começar sua graduação para entrar no mercado da Saúde Estética?  😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-. Portal da Enfermagem Estética.