Tratamento para calvície

Conhecido como bioestimulação, o fenômeno que gera energia por meio do laser para destruir os pelos, chega em baixa potência nos tecidos vizinhos da área a ser tratada. Esta baixa energia quando chega na haste do pelo, riquíssima em células tronco, estimula estas células, proporcionando um engrossamento dos pelos pré-existentes. Lasers de baixa potência, com […]
calvicienepuga Conhecido como bioestimulação, o fenômeno que gera energia por meio do laser para destruir os pelos, chega em baixa potência nos tecidos vizinhos da área a ser tratada. Esta baixa energia quando chega na haste do pelo, riquíssima em células tronco, estimula estas células, proporcionando um engrossamento dos pelos pré-existentes. Lasers de baixa potência, com comprimento de onda suficiente para atingir esta região do pelo, trata vários aspectos da queda de cabelo. Este procedimento deve ser iniciado quando a queda do cabelo está ainda na fase inicial, pois esta técnica não devolve os cabelos que caíram há muito tempo, fase em que os folículos pilosos já estão destruídos. O laser capilar é indicado para pessoas com histórico familiar de calvície ou de queda de cabelo, pessoas com queda de cabelo causado por doenças ou stress, aqueles que tem notado um afinamento ou uma mudança na estrutura do pelo. Além de tratar a calvície, o equipamento  também pode ser usado para escurecer os pelos, através do mesmo estímulo nas células troncos, que vão estimular a produção de melanina, método que ainda encontra-se em estudos. ^A447811EB76D2A435A547798D5C3E4DA99ECDD7D3CFD7BEC5B^pimgpsh_fullsize_distr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2013-2021. Portal da Enfermagem Estética.