no comments

Conselho Nacional de Saúde publica resolução contra cursos totais em EAD na área da Saúde

Nesta sexta-feira (11/11/2016) o Conselho Nacional de Saúde publicou uma resolução no Diário Oficial da União contra à autorização de todo e qualquer curso de graduação na área da saúde que for ministrado totalmente na modalidade Educação A Distância – EAD.

De acordo com o CNS, a educação a distância limita o EAD a 20% da carga horária total do curso.

Na avaliação do CNS, trata-se de “considerável o tempo para experienciar a metodologia e a tecnologia, em se tratando da área da saúde, tornando desnecessária uma formação em EaD para além dessa realidade”.

O Cofen publicou a resolução em seu portal nesta sexta-feira e informou que lidera a mobilização nacional pelo ensino presencial e de qualidade, provendo seminários e audiências públicas em todo o país.

“O Cofen atua, ainda, junto ao Ministério da Educação, Ministério da Saúde e ao Congresso Nacional, onde apoia o Projeto de Lei 2.891/2015, que proíbe a formação de profissionais de Enfermagem por EaD. A operação EaD, realizada pelos conselhos de Enfermagem atendando a consulta do Ministério Público Federal, constatou condições precárias na oferta de cursos não-presenciais.  Sem laboratórios, biblioteca ou condições mínimas de apoio, a maioria dos polos não oferece sequer condições para a prática de estágio supervisionado.

Acesse a resolução na íntegra e veja o que ela diz sobre o assunto.

^B5107195ABEA9FE521DBC3745EF8A7E2F6F167452B7EBD2DE3^pimgpsh_fullsize_distr

 

 

 

Assessoria de Imprensa
Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a enfermagem estética é legítima, um direito e expressão de liberdade do enfermeiro, do enfermeiro esteta, do graduando de enfermagem e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e auto-estima.