Elevando a ozonioterapia a um patamar ainda maior, aconteceu recentemente no Brasil o I Encontro Internacional de Ozonioterapia.

O evento, que reuniu dezenas de especialistas do mundo todo, foi realizado em São Paulo-SP e teve como finalidade a atualização dos conhecimentos dos profissionais da saúde em ozonioterapia e sua combinação com medicina regenerativa. 

Encontro contou com a participação de alunos e professores do Nepuga

Além disso, o congresso deu a oportunidade para estes profissionais divulgarem suas experiências científicas e clínicas.

Entre tantos especialistas, alunos e ex-alunos do curso de ozonioterapia do Nepuga marcaram presença e se destacaram em apresentações de trabalhos científicos.

Outro momento que o evento proporcionou foi o encontro destes profissionais com as docentes do curso de ozonioterapia, as Dras. Maria e Milena Castelani.

encontro internacional de ozonioterapia

Dra. Ana Carolina Puga menciona importância em se atualizar

Para a Dra. Ana Carolina Puga, mantenedora do Nepuga e presidente da Associação Brasileira de Saúde Estética Integrativa (ABRASEI), estar atualizado é essencial, principalmente em ozonioterapia, que a todo momento são descobertos novos protocolos e benefícios. 

“É realmente gratificante ver nossos alunos investindo em conhecimento e se atualizando cientificamente no tratamento. A cada dia que passa são novos procedimentos e protocolos descobertos que podem levar mais saúde e qualidade de vida para nossos pacientes e estar atualizado é primordial. Foi por isso que, além de disponibilizar os cursos livres em saúde estética a matéria foi inclusa em nossos cursos de pós-graduação. Precisamos levar o ozônio para o maior número de pessoas”, disse.

Enfermeiras apresentam trabalho no I Encontro Internacional de Ozonioterapia

A ozonioterapia transformou a carreira profissional de muitos profissionais. Agora especialistas no tratamento, as enfermeiras Dra. Juliane Santos e Dra. Elisângela Torres cursaram ozonioterapia e apresentaram seus trabalhos durante o evento.

A Dra. Juliane Santos é do Rio de Janeiro-RJ e apresentou um estudo científico que envolveu um jogador de futebol.

“Esse relato foi de um paciente de 31 anos, sexo masculino, jogador de futebol, que após uma contusão, em uma disputa de bola com outro jogador, teve uma lesão muscular na região torácica. Isso acarretou em 11 dias sem conseguir treinar, mesmo depois de dois ciclos de anti-inflamatórios + fisioterapia”, explicou.

“Em cinco dias de tratamento com ozônio conseguimos zerar a dor do paciente. No terceiro dia ele conseguiu treinar”, relatou.

Impressionante, não é mesmo?

Outro destaque foi para a Dra. Elisângela Torres, de Salvador-BA, que fez parte de dois trabalhos.

O primeiro trata de uma apresentação oral sobre o uso da ozonioterapia em paciente portador de Psoríase, com o objetivo de apresentar a eficácia da aplicabilidade do ozônio no tratamento desta patologia de causa desconhecida.

O segundo trabalho foi a ozonioterapia no processo de cuidar do enfermeiro em úlcera venosa. O objetivo foi apresentar um relato de experiência do efeito do ozônio como coadjuvante na terapia compressiva (Bota de Unna) e tópica de úlcera venosa.

“Apresentar qualquer trabalho em eventos internacionais com a qualidade deste encontro foi bastante prazeroso e crucial para minha qualificação profissional. Fui uma das autoras do projeto para regulamentação do uso da ozonioterapia na Enfermagem do COFEN no Brasil e sua elaboração exigiu de mim e minhas colegas muito estudo. É preciso muita leitura, pesquisa para trabalhar com ozonioterapia fundamentada na responsabilidade, ética e evidência científica”, declarou a enfermeira.

Professora do curso de ozonioterapia destaca participação de alunos

As professoras do Nepuga, Dras. Maira e Milena Castelani foram convidadas para o I Encontro Internacional de Ozonioterapia.

encontro internacional de ozonioterapia

A Dra. Milena comentou o encontro com seus alunos e destacou sua felicidade por ter incentivado profissionais tão dedicados.

“Com prazer fui convidada a participar do I Encontro Internacional científico de Ozonioterapia realizado pela IBO3A. Sem dúvida foi uma oportunidade única aos participantes de uma verdadeira atualização científica em Ozonioterapia, a presença dos cubanos Dr Calunga, Dr Benjamin e Dr Javier, entre outros internacionais, abrilhantaram o evento, já que Cuba é referência mundial no assunto devido aos inúmeros trabalhos científicos publicados ao longo dos anos”, enfatizou.

“Com satisfação reencontrei alguns de meus alunos dos cursos de Ozonioterapia que ministro no Brasil através do Nepuga, alguns estudando e outros apresentando trabalhos científicos e com a certeza de que estão no caminho certo, porque a Ozonioterapia é ciência”, mencionou.

Para finalizar, a Dra. Milena ratificou o quão importante é a ozonioterapia para a saúde mundial.

“Devemos estudar os protocolos científicos e seguirmos à risca, para que essa técnica seja feita com segurança e possa auxiliar a população brasileira com todos os benefícios dentro da máxima segurança. É assim que conduzo há 16 anos de experiência em ozonioterapia, e vou continuar instruindo meus alunos”.

encontro internacional de ozonioterapia

Ozonioterapia para tratar o mundo

Como mencionado pela Dra. Ana Carolina Puga, a ozonioterapia foi incluída na grade da pós-graduação em enfermagem estética para levar aos pacientes um campo inexplorado e mais benefícios aos seus pacientes.

Você, enfermeiro e enfermeiro esteta pode SIM investir em ozonioterapia e também transformar a sua carreira.

Além dos diversos benefícios gerados pelos tratamentos e protocolos, a ozonioterapia leva, de forma natural, mais saúde e qualidade de vida.

Se interessou pela área? Então clique no banner e confira mais informações sobre o curso livre de ozonioterapia.

  • Ozonioterapia RETANGULAR

    Deixe aqui seu Comentário

    Comente abaixo! Extravase!! Liberte-se!!! Faz bem pra pele e pra alma!!!!

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Loading Facebook Comments ...
    Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.

    Deixe aqui seu Comentário