Enfermagem estética: 4 dicas para aliviar a ansiedade sobre complicações em tratamentos com injetáveis

Quatro dicas infalíveis para aliviar a ansiedade do enfermeiro esteta sobre complicações em tratamentos com injetáveis.
enfermagem estética

Na Enfermagem Estética é muito comum que os profissionais se sintam familiarizados com a sensação de ansiedade e insegurança ao pensar em situações e reações que fujam do que é esperado. Em geral, está tudo bem quando tudo está correndo bem. Mas, o que acontece quando algo dá errado?

Em hospitais é comum ter a presença de outros profissionais o que dá uma sensação de pertencimento e apoio. Assim, quando algo dá errado, a presença de diversos profissionais da saúde trabalhando lado a lado pode ser tranquilizante.

Contudo, na área da Estética isso pode ser bem diferente. Embora alguns profissionais trabalhem com auxiliares ao lado, em muitos centros estéticos você é o único profissional capacitado para realizar um procedimento. Isso pode ser inquietante para alguns profissionais, agora junte isso a diversas preocupações, tais como: “o que acontece se meu paciente tiver alguma reação ao medicamento?” e, pronto, a ansiedade ataca.

É difícil incluir um treinamento detalhado e prático sobre situações adversas durante o treinamento de cosméticos injetáveis e, por conta disso, algumas pós-graduações optam pela técnica de intimidação, apresentando os casos mais graves ou complexos repetidamente, de modo a aumentar nossa insegurança. 

Contudo, assim como todos os seres humanos, acabamos nos sensibilizando cada vez menos com as imagens exibidas. Ou seja, tornam os profissionais menos receptivos à educação sobre eventos divergentes.

Mude a maneira como vê eventos adversos

É indiscutível que imprevistos são parte inerente da natureza humana e isso inclui a Saúde Estética. É importante que você, profissional, abrace as complicações como parte de sua jornada no campo estético e que, embora faça o possível para preveni-las ou diminuí-las, em algum momento a situação vai fugir ao seu controle.

Controle a ansiedade e a insegurança

É natural sentir-se inseguro ou ansioso em alguns momentos, mas precisamos saber dosar – ou lidar – com esses sentimentos. Um nível impactante desses sentimentos indica que você precisa saber mais sobre como prevenir, reconhecer e gerenciar complicações.

Busque conhecimento

A única maneira de combater a insegurança e a ansiedade é com conhecimento, pois o mesmo leva ao empoderamento que diminui em grandes escalas tais sentimentos, uma vez que você se sente mais preparado.

Como muitos cursos de pós-graduação não incluem treinamento detalhado sobre complicações, muitos profissionais simplesmente não conhecem os riscos envolvidos. E se o profissional não sabe que está sendo perigoso, naturalmente não vai se sentir inseguro ou ansioso.

Treinamento contínuo

Não importa o seu nível de habilidade, é preciso ter treinamento contínuo e independente para saber lidar com situações desfavoráveis que venham a ocorrer em um procedimento.

O campo estético está em constante evolução tanto no que diz respeito aos tratamentos quanto no conhecimento de segurança, basta que o profissional se mantenha em dia com as novidades da área para que saiba lidar com alguma situação adversa, caso surja. 

E você? Como lida com as inseguranças antes de um procedimento? Tem alguma dica que queira compartilhar com os demais profissionais? Deixe aqui nos comentários! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-. Portal da Enfermagem Estética.