Mesmo ainda sem uma resolução definitiva para o enfermeiro que deseja se especializar em estética, o parecer 197/2014 do Cofen (Conselho Federal de Enfermagem) já argumenta sobre a atuação do enfermeiro com mesoterapia, por exemplo, um dos procedimentos mais procurados da área da estética.

O texto que pode ser encontrado no teor do parecer 197 diz da seguinte forma: “O ofício circular nº86/2012 Gab/Press que traz como posicionamento do Conselho Federal de Enfermagem sobre a legalidade de atuação do enfermeiro e técnicos de enfermagem realizarem os procedimentos de Hidropolipoclasia, mesoterapia, eletrolipoforeses, eletrolipólise, carboxiterapia, CO2 fracionado, Led, Laser, Botox, Indradermoterapia e os demais relacionados à estética”.

A mesoterapia foi criada na França com o objetivo de aplicar medicamento no local em que se quer tratar, reduzindo efeitos colaterais. Pode ser usada para o combate de estrias brancas, gordura localizada e queda de cabelo.

Hoje a mesoterapia utiliza as substâncias como hialuronidase, tiratricol, xantina e derivados de alcachofra, do girassol e cafeína em suas aplicações.

Como o procedimento é feito

O enfermeiro esteta irá aplicar a substância na pele, abaixo da primeira camada da derme ou nos músculos. A aplicação é feita geralmente com agulhas que variam de 1 a 2 milímetros de diâmetro e atingem uma profundidade que varia de 3 a 8 milímetros. Quando mais profunda for a aplicação, mais o produto irá se espalhar.

Quando ela é feita nos músculos, normalmente são aplicadas substâncias anti-inflamatórias, relaxantes ou anestésicas. Normalmente ela funciona melhor em áreas menores, já que há um limite do volume de substância que é aplicado.

Além do conjunto agulha e seringa, podem-se utilizar instrumentos considerados mais sofisticados e mais caros: as pistolas de mesoterapia. Elas injetam eletronicamente a substância em múltiplos pontos que permitem mensurar o volume e a profundidade da aplicação. A desvantagem desse sistema é a dificuldade da esterilização de todo o conjunto, já que só a agulha é descartável.

Cuidados após realizar o procedimento

É preciso tomar cuidado com os locais em que as substâncias foram aplicadas, preferindo o uso de tecidos de algodão, evitando jeans e também sentar-se em superfícies diretamente em contato com a pele. Indica-se usar compressas geladas no corpo, para reduzir a dor e o desconforto, além de diminuir a formação de hematoma. Caso eles se formem, é muito importante ter uma proteção solar adequada, para evitar manchas. É importante também evitar outras técnicas estéticas que manipulem a região onde foi feita a mesoterapia.

No tratamento para estrias, é indicado o uso de bermudas compressivas por de sete a dez dias após as sessões.

mesoterapia-728x90

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a enfermagem estética é legítima, um direito e expressão de liberdade do enfermeiro, do enfermeiro esteta, do graduando de enfermagem e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e auto-estima.