Envelhecimento Saudável aliado à estética foi um dos temas principais do CBEE 2016

Tudo o que é novidade normalmente assusta, principalmente quando nos referimos à saúde das pessoas. No Brasil, por exemplo, estamos acostumados a curar patologias ao invés de preveni-las. Para mudar esse conceito, o CBEE 2016 abordou diversas vezes o Envelhecimento Saudável e Antiaging aliados à estética. Ao longo de 4 dias o congressista teve acesso […]
Tudo o que é novidade normalmente assusta, principalmente quando nos referimos à saúde das pessoas. No Brasil, por exemplo, estamos acostumados a curar patologias ao invés de preveni-las. Para mudar esse conceito, o CBEE 2016 abordou diversas vezes o Envelhecimento Saudável e Antiaging aliados à estética. Ao longo de 4 dias o congressista teve acesso a várias palestras, workshops e minicursos explicando como o enfermeiro esteta pode usar técnicas e tratamentos do antiaging para oferecer ao paciente uma estética melhor e também uma vida mais longeva e de qualidade. No evento, os profissionais incumbidos para esmiuçarem essas pautas juntamente com a presidente da Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética, Dra. Ana Carolina Puga, foram os farmacêuticos Dr. Lucas Bastos e Dra. Ursula Tomal, e os palestrantes internacionais Dr. Danny Cesar e Dr. Jabal Uffelman.

Dra. Ana Carolina Puga fala sobre as técnicas de Antiaging e Envelhecimento Saudável para o profissional da saúde estética

“Mas dra. Ana, a pessoa vai na clínica em busca de ‘rejuvenescimento’ e eu vou falar de envelhecimento saudável para ela? Sim!”. Foi com essa frase que a biomédica esteta começou sua palestra sobre Envelhecimento Saudável e a Estética. De acordo com ela, as técnicas utilizadas no Antiaging, como a modulação hormonal com bioidênticos, por exemplo, possibilita que o paciente previna futuras patologias, além de realinhar os níveis de hormônios, que quando estão baixos, além de causarem patologias, causam também obesidade, flacidez na pele, irritabilidade, má qualidade de sono, entre outros. E acrescentou: “Os profissionais de estética precisam mostrar aos seus pacientes que se ele não buscar um envelhecimento saudável, todos os tratamentos estéticos vão durar por pouco tempo”, esclareceu a Dra. Ana Carolina Puga. Para finalizar, Dra. Ana reforçou que, atualmente, existe uma busca constante dos pacientes por uma estética melhor e aumento da autoestima, porem os profissionais habilitados em estética precisam mostrar também o caminho de uma saúde melhor para eles e que, quando se preocupam com o organismo e com uma velhice saudável, automaticamente proporcionarão para si, uma estética melhor. “Acho excelente a possibilidade que temos de trazer o bom envelhecimento para a consciência da população. Muitas pessoas ainda não conhecem as técnicas do Antiaging e somos nós quem devemos difundir isso para nossos pacientes”. Pós Graduação Envelhecimento Saudável e Antiaging

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2013-2021. Portal da Enfermagem Estética.