A votação da consulta pública referente a uma emenda que propõe mudanças na lei do Ato Médico tem se mantido acirrada ao longo do dia de hoje.

Por volta das 10h da manhã desta quinta-feira (7) os votos Contra (a emenda) superaram os votos a favor de sua aprovação  por uma vantagem de 50 votos.

No início da tarde, os votos a favor da emenda passaram novamente a frente dos votos contra. Às 14h eram 6.826 votos a favor, diante de 6.210 contra.

Todos podem votar contra o Ato Médico

Todas as pessoas, independente de serem ou não da área médica, ou demais profissionais da saúde podem se manifestar contra o Ato Médico.

Os enfermeiros devem pedir aos seus familiares e amigos que também participem da votação! Caso essa emenda seja aprovada, ela promete revogar uma série de funções que só os médicos poderão realizar, prejudicando dessa forma a atuação dos profissionais da área de estética, que hoje trabalham com injetáveis e procedimentos perfurocortantes. Para o enfermeiro esteta, que tem lutado para conseguir uma legislação que lhe dê respaldo legal para que ele possa realizar uma série de procedimentos estéticos que o biomédico e o farmacêutico hoje já realizam, a volta do Ato Médico seria um retrocesso.

Os profissionais da saúde como um todo serão prejudicados, pois determinadas funções que eles realizam hoje em seus empregos podem voltar para a autoridade dos médicos. De inúmeras formas essa emenda representa um retrocesso para todos.

Confira tudo o que muda se essa emenda for aprovada, clique aqui.

Para votar contra a volta do Ato Médico clique aqui.

O projeto de lei nº350 de 2014 é o que está tramitando novamente no senado. De autoria da senadora Lucia Vânia (PSB-GO) esse projeto de lei quer alterar a lei nº 12.842, de 10 de julho de 2013, que dispõe sobre o exercício da Medicina, para modificar as atividades privativas de médicos.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a enfermagem estética é legítima, um direito e expressão de liberdade do enfermeiro, do enfermeiro esteta, do graduando de enfermagem e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e auto-estima.