Enfermeira conta como resolveu se especializar para atuar na enfermagem estética

A enfermeira Daliani de Souza F. S. Rosa, 35 anos, começou a trabalhar na área como auxiliar de enfermagem em um Pronto Socorro, no qual ficou por cinco anos. Depois formou-se como enfermeira e trabalhou na enfermagem do trabalho por mais sete anos, mas com um espírito empreendedor quis mudar de aréa de atuação. “Estava […]
A enfermeira Daliani de Souza F. S. Rosa, 35 anos, começou a trabalhar na área como auxiliar de enfermagem em um Pronto Socorro, no qual ficou por cinco anos. Depois formou-se como enfermeira e trabalhou na enfermagem do trabalho por mais sete anos, mas com um espírito empreendedor quis mudar de aréa de atuação. “Estava ficando desmotivada e quis mudar de área, empreender, montar meu próprio negócio” conta. Com o desejo de se manter atuando na área da saúde, mas fazendo algo que lhe desse prazer e ajudasse as pessoas a se sentirem bem e bonitas, Daliani resolveu cursar a pós-graduação em estética, depois que uma amiga lhe contou que estava amando o curso.

Enfermeira abriu o próprio negócio na estética e realizou o sonho de empreender

E não deu outra! Assim que começou o curso a enfermeira adorou as possibilidades que a estética lhe proporcionava para atuar. Desde abril do ano passado ela montou em São Paulo, no bairro Santana, Zona Norte, o Espaço Dali Rosa – Sobrancelhas e Estética e não se arrependeu. “Eu fiquei muito contente quando abri meu próprio negócio, pois era algo que eu sempre quis, muitos clientes começaram a agendar procedimentos e saíam daqui se sentindo muito bem! Agora estou confiante de que meu trabalho tem dado super certo!”, conta Dali.

Coren – SP reconheceu a estética como uma especialização da enfermeira

Depois de formada, a enfermeira esteta foi ao Conselho Regional de Enfermagem (Coren) de São Paulo para saber informações sobre atuação na estética e fazer o registro de sua especialização, pois havia observado cursos sendo apresentados por escolas e queria entender melhor a validade dessas especializações e, além disso, se o enfermeiro poderia atuar com esses procedimentos. Para sua surpresa a especialidade em estética foi registrada recentemente no mês de agosto em seu Coren. “Eu levei toda a minha documentação, o certificado da pós-graduação, meus documentos para o Coren-SP e dei entrada no pedido.Demorou um pouco, mas fiquei muito feliz por ter conseguido, inclusive eles me orientaram sobre a atuação do enfermeiro na estética com base nas informações do parecer técnico COREN 009/2015. Recomendo que meus colegas de profissão também deem entrada no registro da especialização em estética em seus Corens, fortalecendo assim a inclusão da enfermagem na estética”, ressalta. Buscando estar sempre atualizada dentro dos procedimentos da estética, a enfermeira esteta fez um curso de microvasos – PEIM com o Nepuga (Núcleo de Estudos Dra. Ana Carolina Puga) e gostou muito da técnica aplicada.

Enfermeira acredita em resolução favorável do Cofen para a enfermagem estética

Ainda aguardo regulamentação do COFEN para a liberação de prescrição de substâncias para o tratamento de microvasos pelo enfermeiro, mas mesmo assim fiquei muito empolgada com essa área e espero que o Cofen regulamente o quanto antes”, explica Dali. Além de trabalhar em seu próprio espaço de sobrancelhas e estética, a enfermeira e dermopigmentadora também atua dando cursos de dermopigmentação, microagulhamento, design de sobrancelhas e tem outros projetos, como cursos de biossegurança e primeiros socorros na estética. “Eu me encontrei no que eu faço. Hoje eu atendo clientes fazendo procedimentos faciais, corporais, embelezamemento do olhar, design de sobrancelhas, alongamento de cílios, dermopigmentação estética e paramédica, fazendo micropigmentação de sobrancelhas, lábios, delineador de pálpebras, camuflagem de cicatrizes, vitiligo e aréola mamária de pacientes que realizaram mastectomia ou cirurgias plásticas. Fico muito feliz em devolver autoestima às pessoas que atendo”, conta. Referências importantes sobre a enfermagem na estética: – Parecer COREN 009/2015 – Câmara Técnica – Orientação Fundamentada 0033/2016 (Assunto: escleroterapia com glicose 75%) na enfermagem. ^B5107195ABEA9FE521DBC3745EF8A7E2F6F167452B7EBD2DE3^pimgpsh_fullsize_distr      

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2013-2021. Portal da Enfermagem Estética.