COREN-SP faz reunião sobre a regulamentação da ozonioterapia na Enfermagem

A regulamentação da ozonioterapia na enfermagem será um salto gigantesco para a categoria que tanto sofreu com revogação de resoluções. Nós noticiamos a pouco tempo que o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) está empenhado em garantir a regulamentação da ozonioterapia na enfermagem, vocês se lembram? Pois é, muitas instituições e sociedades também estão na luta […]
COFEN-ozonio

A regulamentação da ozonioterapia na enfermagem será um salto gigantesco para a categoria que tanto sofreu com revogação de resoluções.

Nós noticiamos a pouco tempo que o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) está empenhado em garantir a regulamentação da ozonioterapia na enfermagem, vocês se lembram? Pois é, muitas instituições e sociedades também estão na luta para que essa prática seja regulamentada e estamos cada vez mais perto deste acontecimento benéfico para toda nossa classe!! Nesta segunda-feira (18-03), aconteceu mais uma reunião na sede do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-SP), desta vez a pauta foi OZONIOTERAPIA NA ENFERMAGEM! ozonioterapia na Enfermagem

Coren-SP sedia reunião sobre atuação da enfermagem na Ozonioterapia

Entre os participantes, estavam a comissão de Práticas Integrativas Complementares do Cofen (PICs), a Sociedade Brasileira de Enfermeiros em Saúde Estética (SOBESE), a Sociedade Brasileira de Enfermagem em Feridas e Estética de São Paulo e Pernambuco (SOBENFeE), a Sociedade Brasileira de Enfermagem em Dermatologia (SOBENDE), a Associação Brasileira de Enfermeiros Acupunturistas e Enfermeiros de Práticas Integrativas (ABENAH), a Associação Brasileira de Estomaterapia (SOBEST) e a Associação Brasileira de Ozonioterapia (ABOZ). O vice-presidente do Coren-SP, Cláudio Silveira, realizou a abertura do evento e explicou o motivo do encontro:

“O objetivo dessa reunião é esclarecer dúvidas sobre o uso do Ozônio e apresentar propostas para que os profissionais de enfermagem possam atuar com autonomia e segurança”, diz.

Sabemos que, atualmente, a prática é desregulamentada no Brasil, ou seja, qualquer profissional qualificado pode realizar a aplicação.

Porém, com a oficialização da ozonioterapia para os enfermeiros, uma oportunidade se abre no horizonte. Essa é uma forma de certificar que estamos aptos para atuar na área.

Não é segredo que a ozonioterapia vem roubando a atenção de todos por seus benefícios na área de práticas integrativas. Temos certeza que você já ouviu falar sobre esse procedimento, não é mesmo? Levando em consideração todo o aprendizado já na graduação, não há dúvidas de que o enfermeiro é o profissional certo para trabalhar neste ramo. Então, porque não investir nessa área que está crescendo cada vez mais e ser um enfermeiro integrativo? Já pensou nisso?

Você conhece a ozonioterapia?

A ozonioterapia vem com um diferencial para quem deseja ter um envelhecimento saudável e se tratar de forma natural. A técnica consiste em uma mistura gasosa de ozônio e oxigênio medicinal, utilizada no tratamento de diversas patologias. Veja algumas das patologias que podem ser tratadas com a ozonioterapia: ozonioterapia na Enfermagem Esse é um excelente momento para você, enfermeiro, se especializar em um dos procedimentos mais abrangentes e que ganha milhares de adeptos diariamente.

Invista em procedimentos que vão mudar o futuro

Muitos enfermeiros e enfermeiros estetas encontraram na ozonioterapia uma maneira de alavancar suas carreiras e dobrar seus lucros. Já existem no mercado cursos de ozonioterapia, disponibilizado por instituições sérias e reconhecidos pelo MEC, para você que quer se habilitar e trazer mais benefícios aos seus pacientes. Renda-se também ao mundo das práticas integrativas e descubra um mundo de possibilidades, com técnicas especiais de estilo de vida e bem-estar. Se interessou? Quer saber mais sobre isso? Então clique no banner e surpreenda-se!

[widgetkit id=”114″ name=”BANNER CURSO DE OZONIOTERAPIA + PRP”]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2013-2021. Portal da Enfermagem Estética.