Com o auxílio da vitamina D, riscos para doenças autoimunes como Lúpus, vitiligo, atrite, diabete podem ser diminuídos.

Atualmente, com o aumento da procura por corpo e mente saudáveis, são diversas as dietas e suplementos para potencializar os resultados. No meio destas opções, se preocupar com o nível de vitamina D no corpo também é necessário.

Pensando nisso, trouxemos para o blog informações sobre suas funções no organismo.

A ligação mais conhecida entre vitamina D e saúde diz respeito à formação dos ossos. No entanto, ela é responsável por controlar mais de 270 genes e está diretamente ligada à saúde do coração, à gravidez bem sucedida e ao aparecimento das doenças autoimunes.

A verdadeira face a vitamina D

Quando a vitamina D foi descoberta, foi chamada de “D” por ser a quarta descoberta similar, levando em consideração as vitaminas A, B e C. No entanto, diferente das outras, ela não é encontrada apenas na alimentação.

No ano de 1970 foi descoberto que ela pode ser sintetizada pelo organismo e, assim, ganhou status de hormônio, em vez de ser uma vitamina.

Peixes como o salmão e a tainha sejam fontes de vitamina D, a forma mais fácil de manter os bons níveis no organismo é pelo contato com o sol.

Porém, com toda a alta campanha de conscientização sobre os malefícios dos raios solares, principalmente no verão, a exposição das pessoas aos raios diminuiu muito. As pessoas atualmente exageram na proteção e estão deixando de tomar as quantidades de sol necessárias para manter os níveis da vitamina D estáveis.

Afinal, não podemos esquecer dos famosos banhos de sol que as mães dão em seus bebês todos os dias de mãe. Eles também precisam da vitamina D.

Vitamina D e doenças autoimunes

É comprovado clinicamente que a maioria dos pacientes acometidos pelas doenças autoimunes apresentam baixos níveis de vitamina D.

A falta da vitamina faz com que a pessoa, principalmente quando já existe uma tendência para a doença autoimune, fique mais vulnerável ao desenvolvimento deste quadro.

Porém, por outro lado, a vitamina D pode ser administrada como um tratamento para as doenças autoimunes.

Funciona assim: a vitamina D, em seus níveis normais, ajuda o sistema imunológico a selecionar as células que precisam ser atacadas. Como as doenças autoimunes são caracterizadas pelo ataque do organismo às próprias células devido a uma confusão, este é um excelente avanço.

Por isso, invista em alimentos ricos em vitamina D e tome sempre aquele “solzinho” para prevenir qualquer problemas com doenças autoimunes.

Alimentos de alta performance e prevenção de doenças através de tratamentos naturais faz parte da pós-graduação em enfermagem integrativa. Invista no seu futuro, conheça outras formas de alavancar sua carreira na área.

Comente abaixo! Extravase!! Liberte-se!!! Faz bem pra pele e pra alma!!!!

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...
Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a enfermagem estética é legítima, um direito do enfermeiro, do enfermeiro esteta, do graduando em enfermagem e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.