Uma das vítimas do falso médico ficou em coma e outra terá que amputar a perna que necrosou.

Pelo jeito não vamos conseguir passar nem mesmo um dia sem notícias ruins, não é mesmo? Isso porque um falso médico que aplicava silicone industrial em pacientes foi preso nesta quinta-feira (21-03), em Guarulhos.

O suspeito, de 35 anos, que não possui NENHUMA formação na área da saúde, pintava e bordava com as vítimas.

Uma delas ficou em coma e outra terá que amputar a perna. Olha o terrou que essas mulheres passaram e ainda estão passando.

Segundo a polícia, as investigações indicaram que o falso médico oferecia tratamentos estéticos, como suplementações, colocação de anabolizantes e metacril (implante injetável).

O criminoso atuava na casa da mãe dele, em hotéis da cidade e pasmem, até em academias.

Vítimas relatam sofrimento e momentos de horror

Uma das vítimas chegou a ser hospitalizada e ficou em estado de coma, com embolia pulmonar, após a colocação de silicone no bumbum.

Ela ficou internado por 18 longos dias. Só após esses dias de sofrimento, conseguiu registrar o boletim de ocorrência.

Em outra vítima, o falso médico aplicou o silicone industrial em uma das pernas. O resultado foi mais tristeza, ela precisará passar por uma intervenção cirúrgica, já que está em estado de necrose.

As aplicações custavam entre R$ 1.200 e R$ 1.500. Mulheres e travestis procuravam o serviço.

Como foi feita a prisão

A polícia prendeu o falso médico no momento em que ele iria aplicar silicone industrial em uma modelo, de 26 anos, em um hotel.

Segundo a modelo, ela conheceu o suspeito em dezembro do ano passado, em uma academia. Ele se apresentou como médico do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Olha que absurdo!

Para piorar, Ferreira chegou a aplicar silicone industrial na jovem. Agora ela está com medo de morrer, já que sabe da substância que está em seu corpo.

O falso médico foi preso em flagrante por exercício ilegal de medicina, lesão corporal grave e adulteração de produtos medicinais.

Mas e o Conselho Federal de Medicina?

Para variar, o Conselho Federal de Medicina (CFM) fiou quietinho perante aos fatos. É o que eles costumam fazer quando são encurralados.

Ao invés de investigar casos como este, contribuir com a Polícia e fiscalizar, preferem fingir que nada está acontecendo.

Que tal o CFM parar de perseguir profissionais qualificados, que querem apenas trabalhar em paz e exercer aquilo que mais amam? Vão perseguir os falsos médicos, que estão colocando a vida de outras pessoas em risco.

Prefira profissionais estetas qualificados e que atuem dentro da Lei

Crimes como os das melhores deste artigo acontecem todos os dias. Você não precisa ser mais uma vítima, o risco é grande demais!

Todos que se submetem a procedimentos estéticos PRECISAM se certificar de vários fatores, incluindo qualificação do profissional, indicação de pessoas, e também o preço. Afinal, o barato sai caro, né?

Se ame! Deixe que pessoas habilitadas e que se dedicaram por anos em especializações e estão de fato preparados para exercer essa função, possam cuidar de você.

Perante a todas estas informações, a gente fica até mal, não é mesmo? Deixe seu comentário e indignação abaixo!!

Deixe aqui seu Comentário

Comente abaixo! Extravase!! Liberte-se!!! Faz bem pra pele e pra alma!!!!

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...
Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a enfermagem estética é legítima, um direito do enfermeiro, do enfermeiro esteta, do graduando em enfermagem e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.

Deixe aqui seu Comentário