Problemas digestivos, muitas das vezes, estão ligados a sensibilidade ao glúten, mas esse não é o único problema que ele causa. Além do sistema digestivo, o glúten também agrava outras regiões do corpo como o cérebro, as articulações e a pele.

Pesquisas já revelaram que 81% da população tem alguma sensibilidade essa substância, ou seja, o organismo produz anticorpos para algum derivado do glúten. Isso é chamado de mimetismo molecular. O organismo produz anticorpos para proteínas semelhantes à gliadina e suas diversidades.

Como o glúten age no organismo e suas consequências

Quando ingerimos alimentos que contêm glúten, aumenta-se a proteína Zonulin, e quanto mais dela no intestino, mais permeáveis as células intestinais se tornam, e o risco de desenvolver a síndrome do intestino solto aumenta.

Altos níveis de zonulin também soltam as junções apertadas no epitélio das nossas células sanguíneas. Isto permite que as toxinas e outras moléculas deslizem através da barreira hemato-encefálica. Quando a barreira hemato-encefálica é permeável, ela ativa uma resposta inflamatória no cérebro.

Como demora para se diagnosticar o processo de inflamação cerebral, ao longo do tempo, aparecem as doenças neurodegenerativas, como a demência, doença de Parkinson e doença de Alzheimer.

Um dos padrões de mimetismo molecular é o anticorpos para a transglutaminase. Transglutaminases são enzimas, encontradas em todo o corpo, que interligam proteínas e são essenciais para a digestão do trigo. Quando o corpo forma uma resposta de imunidade para a molécula de glúten, muitas vezes ele também cria sensibilidade a moléculas de transglutaminase (TG-2), que é encontrada na mucosa intestinal, e anticorpos para TG-2 é um marcador para doença celíaca. TG2 é também um marcador conhecido para a osteoartrite.

A transglutaminase-3 (TG-3) encontra-se na pele, e os anticorpos podem levar à acne crônica, eczema e dermatite. A transglutaminase-6 (TG-6) encontra-se em todo o sistema nervoso central e a formação de anticorpos leva a desordens neurológicas. A transglutaminase-7 (TG-7) se encontra nos pulmões e a formação de anticorpos leva à asma e outros desafios pulmonares.

Especialistas dizem que todas as pessoas do mundo devem eliminar o consumo de alimentos com glúten

Quando uma pessoa segue uma dieta sem glúten, existe uma melhora notável e significativa na função cerebral, nos níveis de energia, respiração, imunidade, níveis de dor e na pele. Segundo os pesquisadores, o ideal seria todos do planeta retirarem o glúten de suas alimentações.

BANNER PÓS GRADUAÇÃO PRÁTICAS INTEGRATIVAS E LONGEVIDADE SAUDÁVEL

Comente abaixo! Extravase!! Liberte-se!!! Faz bem pra pele e pra alma!!!!

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...
Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.