Enfermagem Estética: Saiba o que é, como se qualificar e trabalhar na área

O mercado para os profissionais de enfermagem está cada vez mais aquecido, afinal, ele é a peça-chave nos cuidados e assistência de pacientes, além de estar cada vez mais expandindo suas possibilidades de atuação. Dessa maneira, é possível crescer ainda mais na carreira através de qualificações em segmentos específicos, como no caso da Enfermagem Estética. […]
Enfermagem Estética - O que é

O mercado para os profissionais de enfermagem está cada vez mais aquecido, afinal, ele é a peça-chave nos cuidados e assistência de pacientes, além de estar cada vez mais expandindo suas possibilidades de atuação.

Dessa maneira, é possível crescer ainda mais na carreira através de qualificações em segmentos específicos, como no caso da Enfermagem Estética. A área cresceu bastante nos últimos anos, quando o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) regulamentou a habilitação em estética para os enfermeiros.

No ramo da Saúde Estética, os enfermeiros se voltam para os cuidados faciais, corporais, e todos os aspectos que impactam na estética do paciente. Através de procedimentos estéticos minimamente invasivos ou invasivos não-cirúrgicos, é possível chegar a um resultado esteticamente agradável que melhore a autoestima e o bem estar do paciente.

Por isso, se você é enfermeiro, e possui afinidade com a área da estética. Entenda melhor o que é, como se qualificar e trabalhar na Enfermagem Estética. Continue a leitura, e saiba como ingressar nessa carreira!

O que é Enfermagem Estética?

A Enfermagem Estética, se enquadra dentro dos conceitos de Saúde Estética, portanto, é a área que tem como principal objetivo promover saúde através da beleza. Sendo um meio de melhorar as condições de bem-estar físico, mental e social do indivíduo, e assim proporcionar a prevenção de doenças, rejuvenescimento fisiológico, melhora da auto-estima e hábitos de vida.

Por terem uma formação ampla sobre a anatomia e a fisiologia humana, os enfermeiros são valorizados no ramo, pois estão aptos para oferecer serviços com qualidade, cuidado e segurança. Desde fevereiro de 2020, o exercício profissional da Enfermagem Estética está normatizado pelo Cofen, na Resolução 626/2020, que atualiza a Resolução Cofen nº 529/2016

Assim, as atividades de um Enfermeiro Esteta se enquadram em ao menos um dos seis tópicos presentes na resolução atual, que norteiam a atuação do profissional. Confira quais são:

a) Realizar a consulta de enfermagem, anamnese e estabelecer o tratamento mais adequado à pessoa;

b) Prescrever os cuidados domiciliares e orientações para o autocuidado aos pacientes submetidos aos procedimentos estéticos;

c) Registrar em prontuário todas as ocorrências e dados referentes ao procedimento;

d) Realizar processo de seleção de compra de materiais para uso estético, na instituição de saúde;

e) Estabelecer  protocolos dos procedimentos estéticos;

f) Manter-se atualizado através de treinamentos, cursos específicos, capacitação, entre outros.

Como atuar nesse mercado?

Para fazer carreira em Enfermagem Estética é necessário ter uma qualificação na área. O caminho mais indicado para os enfermeiros que desejam migrar para essa área é realizar uma especialização ou pós-graduação lato sensu em Enfermagem Estética.

A resolução especifica que essa capacitação deve contar com, pelo menos, 100 horas. No entanto, vale ressaltar que apesar da teoria instruir os profissionais para realização de procedimentos estéticos, a prática se torna essencial para aperfeiçoar essas habilidades.

Apesar dos profissionais já terem bastante familiaridade com agulhas e substâncias injetáveis, a aplicação nos procedimentos estéticos envolve outros fatores e a técnica precisa ser praticada e aperfeiçoada a fim de garantir o melhor resultado no atendimento dos futuros pacientes.

Portanto, após a graduação em Enfermagem, busque uma especialização em Enfermagem Estética oferecida por uma IES credenciada pelo MEC. E não se esqueça de levar em consideração a carga horária e a qualidade das aulas práticas na hora de escolher o curso ideal pra você.

Saiba como trabalhar na Enfermagem Estética

O mercado de trabalho nacional está em alta para a profissão de Enfermagem Estética. Isso acontece porque cada vez mais mulheres e homens têm buscado pelo seu bem-estar, e estão dispostos a investir em procedimentos que envolvem o cuidado com a estética facial e corporal, por exemplo.

O Enfermeiro Esteta pode empreender ou trabalhar em clínicas de estética. Muitos profissionais da área também optam por não ter vínculo com algum estabelecimento, abrindo clínicas próprias ou atuando como profissional autônomo. 

Para quem não deseja atuar com a execução de terapias e procedimentos, é possível usar seu conhecimento como especialista para atuar como consultor, prestando apoio a outros profissionais do setor, ou até mesmo ministrando cursos e workshops.

De acordo com o art. 4º da Resolução Cofen nº 529/2016, os procedimentos que o Enfermeiro Esteta pode realizar, são: 

Carboxiterapia

– Cosméticos

– Cosmecêuticos

– Dermo pigmentação

– Drenagem linfática

– Eletroterapia/Eletrotermofototerapia

– Terapia Combinada de ultrassom e Micro Correntes

– Micropigmentação

– Ultrassom Cavitacional

– Vacuoterapia

Apesar de não conter procedimentos injetáveis, como preenchedores dérmicos e toxina botulínica, em sua listagem, a resolução dá agora maior respaldo legal para o enfermeiro atuar, além de habilitá-lo como Enfermeiro Esteta. 

Como se destacar como Enfermeiro Esteta

Separamos algumas dicas para que o profissional da enfermagem tenha destaque como Enfermeiro Esteta.

  • Priorize uma pós-graduação lato sensu de referência, que inclua a parte prática;
  • Se mantenha atualizado com as principais tendências do setor da estética;
  • Invista em networking para formar parcerias profissionais;
  • Participe dos principais eventos da área;
  • Continue investindo em cursos livres e aperfeiçoamentos profissionais.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre Enfermagem Estética, suas áreas de atuação e mercado de trabalho. Esperamos que você tenha sucesso ao se especializar e construir uma nova etapa como Enfermeiro Esteta!

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2013-2021. Portal da Enfermagem Estética.